Festival de Besteiras Ateístas

Uma crítica à desonestidade de certas pessoas.

Quando o ateísmo encontra a ignorância.

Veja a besteira aqui: http://livrespensadores.org/artigos/quando-a-religiao-encontra-a-esquizofrenia/

Sem ficar citando o post inteiro, para evitar a fadiga, vamos somente à parte que interessa.

Semana passada, não pude apurar exatamente a data, a polícia de Garanhuns, cidade que fica a 228 quilômetros de Recife, prendeu três pessoas, Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, de 50 anos, Isabel Cristina Pires, de 51, e Bruna Cristina Oliveira da Silva, de 25, que era inicialmente identificada como “Jéssica Camila”, de 22 anos, todos acusados de 3 assassinatos e de comer a carne dos mortos.

Quer dizer… Ele via duas “entidades” inexistentes, as quais ele nomeava como “anjos” (um querubim e um arcanjo), além de vozes que ele dizia escutar, o que lhe davam, conforme suas palavras, “missões vindas de deus”Ele dizia entregar as vítimas a deus.

Aqui é óbvio que a responsável pelas mortes não é a religião, nem a ideologia religiosa. É, sim, a somatória de problemas mentais dos envolvidos, mas não é apenas isto. A crença no sobrenatural (deus, anjos, demônios, etc.) faz um papel fundamental.

Antes que você discorde da afirmação que fiz no parágrafo anterior, responda a seguinte questão: no caso de Jorge, será que se ele não tivesse tais crenças, ele não teria procurado ajuda no momento em que começou a ver e ouvir tais “entidades”, ao invés de simplesmente seguir as ordens que elas davam? Pois é.

A questão toda é: alguém que acredita no sobrenatural, ao passar a ter visões ou a ouvir vozes, dificilmente desconfiará de doença mental. Ao contrário, na maioria dos casos vai achar ter sido “escolhido” para uma “missão maior” e aí começa toda a merda (com perdão do palavrão)… E, neste caso, quanto mais fundamentalista, pior.

Eu, por exemplo, se começasse a ter visões ou a ouvir vozes de uma hora para outra, sem dúvida alguma procuraria um psiquiatra imediatamente, ao invés de passar a me achar um “homem santo” e a seguir as ordens que tais coisas me dessem.

E você? O que faria numa situação destas? Seguiria as ordens, ou procuraria ajuda?

Oras, primeiro ele diz que a religião é só somatória, depois diz que ela desempenhou um papel fundamental para levar o assassino a cometer tais atrocidades, alguém notou contradições?

Vamos a mais uma:

Antes que você discorde da afirmação que fiz no parágrafo anterior, responda a seguinte questão: no caso de Jorge, será que se ele não tivesse tais crenças, ele não teria procurado ajuda no momento em que começou a ver e ouvir tais “entidades”, ao invés de simplesmente seguir as ordens que elas davam? Pois é.

Pois é… se formos conferir no vídeo, citado no post original, veremos claramente que o homem é um louco, e muito provavelmente, esquizofrênico, ou . De primeira você já vê que um cara assim, com crença no sobrenatural ou sem ela, com certeza estaria apto a cometer as mesmas atrocidades que cometeu, sem a mínima sombra de dúvidas, tendo como diferença apenas a motivação.

O autor beira ao cômico, se enrolando ainda mais no final, tentando colocar a culpa do assassino na conta da religião, tentativa essa obviamente falha. E ele ainda acha que o louco teria capacidade mental o suficiente para procurar um psiquiatra por ele mesmo, caso não acreditasse em seres superiores.

Mas o ápice da ignorância ainda está por vir:

Se deus realmente existisse eles não estariam presos, pois teriam agido em seu nome.

Que eu saiba, Pedro foi preso, mas isto nem vem ao caso. Como se Deus tivesse que fazer as coisas de acordo com o que eles querem que aconteça… sem mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: