Festival de Besteiras Ateístas

Uma crítica à desonestidade de certas pessoas.

Sim, eles possuem uma rede social própria.

Veja a página inicial da rede social aqui: ateístas.com

Não trata-se de uma besteira propriamente dita, mas mesmo assim eu acho ridículo o fato de eles possuírem uma rede social só deles, quando se tem o facebook/orkut (mesmo sendo ultrapassado, ainda serve)/google+ para se usar, que além de serem melhores, são mais populares, e a passagem é livre pra qualquer um lá. Mas eu também acharia ridículo existir uma rede social só para gays, ou só para lésbicas, ou só para agnósticos, ou só para cristãos, ou só para brasileiros, ou só para russos, ou só para islâmicos, etc.

Vale lembrar que eu apenas acho ridículo, não sou contra. Entendo que eles tem o direito de possuir uma rede social própria.

Minha dúvida agora é: a quantas besteiras eu terei acesso se eu entrar nessa rede social? Porque, afinal, só a frase no começo já me deu desgosto.

Anúncios

2 Respostas para “Sim, eles possuem uma rede social própria.

  1. filipe andré março 19, 2012 às 6:57 am

    já agora, porque é que tem um blog com o título “festival de besteiras ateistas”… não será porventura também uma forma de manter uma rede social?
    a forma como prenuncia “eles” como se de uma espécie estranha se tratasse é simplesmente xenófoba, própria de um bom cristão!
    Felizmente já não vivemos na época da “santa” inquisição, mas sim vivemos com liberdade de expressão… e aqui está o Diário Ateista assim como é possível ver o “festival de besteiras ateistas” – viva a LIBERDADE!

    Bom dia caro bloguista!

    • PedroFBA março 19, 2012 às 11:12 am

      Creio que você saiba a que tipo de rede social me referi quando escrevi esse post, uma semelhante ao facebook/orkut. De fato, quando se existe redes sociais universais, não acho que seja necessário que se crie uma só para um certo tipo de população. Mas entendo se eles quiserem fazer uma própria mesmo assim. É por isso que disse que apenas acho ridículo.

      a forma como prenuncia “eles” como se de uma espécie estranha se tratasse é simplesmente xenófoba, própria de um bom cristão!

      Como se você pudesse deduzir isso apenas pela palavra “eles”, e como se houvesse uma pronúncia específica para ela. Ou você estuda grafologia digital agora? Não acha meio arriscado me chamar de xenófobo apenas devido a isto?

      Não trato ateus como uma espécie estranha de pessoas, pois tenho amigos que são ateus, e convivo muito bem com eles. Não tenho preconceito algum com relação a eles, mas repudio o comportamento de alguns, como o dos neo-ateus, por exemplo.

      Felizmente já não vivemos na época da “santa” inquisição, mas sim vivemos com liberdade de expressão… e aqui está o Diário Ateista assim como é possível ver o “festival de besteiras ateistas” – viva a LIBERDADE!

      Como se a inquisição fosse devido à religião em si. Se fosse assim eu também poderia lhe esfregar na cara o comunismo ateu de Stalin e Mao Tsé-Tung, que, no mínimo, matou 70 milhões de pessoas (eu considero 100 milhões).

      Tenha um bom dia você também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: