Festival de Besteiras Ateístas

Uma crítica à desonestidade de certas pessoas.

Prova irrefutável do ateísmo: refletir.

Essa besteira pode ser vista aqui: DeusILUSÃO

Reflexões… Parte 1
Eu conheço gente que dirige há décadas e ainda acha que a seta do carro foi feita para indicar quando o veículo vai sair de uma rua e entrar noutra. Se ele está na avenida X e vai entrar na rua Y, ele dá seta. Se vai fazer uma ultrapassagem, um retorno, ou mudar de faixa, não. Já morei numa cidade em que era comum os motoristas acionarem a seta “depois” de iniciarem uma mudança de faixa, por exemplo. Um colega dizia que eles acreditavam que a seta era pra dizer que “Já fui!”. Mas, fora isso, muitas daquelas pessoas eram excelentes motoristas.

Dá-se o mesmo, eu acho, com relação à fé religiosa. Fora essa visão imbecil do mundo, nada impede que essas pessoas sejam tão inteligentes em tudo o mais, quanto qualquer outra.

Os crentes só não percebem a tolice infantiloide de acreditar em seres mágicos superpoderosos que habitam outras dimensões porque evitam, a todo custo, refletir sobre suas próprias crenças. Quando a gente faz isso por eles é que percebe como esse artifício é mesmo necessário para mantê-los fiéis à suas crenças. Refletir sobre a própria fé talvez seja o caminho mais curto para o ateísmo. E vem daí a utilidade dos dogmas, que, por definição, são proposições que devem ser aceitas sem questionamentos.

Um exemplo bem prático: Jesus Cristo.

Jesus é o deus dos cristãos. O Deus-Pai, o Deus do Antigo Testamento, esse eles usam apenas como parte do vocabulário. O deus das canções, dos louvores, e da adoração nas igrejas católicas e demais bocas de culto é aquele que morreu na cruz. Pois muito bem.
Para que mesmo Jesus morreu na cruz?, eu pergunto. Ah!, para nos salvar, eu respondo. Simples, não? É sim. Muito simples. Mas o pessoal que vive em função de Jesus e Satanás só vai até aí. Quer fundir a cabeça deles? Quer arrumar uma briga durante a sobremesa? Quer fazer as pessoas numa festa olharem para você como se você estivesse todo cagado? Vá um pouco além disso. Perguntando, talvez… por exemplo…

Mas salvar de quê?

Do Inferno.

Jesus não quer que a gente vá para o Inferno?

Claro que não.

E a maneira que ele encontrou pra te salvar do Inferno foi exigir que você acreditasse que ele não quer que você vá pra lá?

A afirmação em negrito foi o auge. As besteiras ditas pelo resto do texto são irrelevantes, pois as ofensas e irracionalidades do texto todo podem se resumir àquela simples frase em negrito.

Ele acha que a fé religiosa é tão irracional que basta saber refletir, ou, sendo mais simples, basta saber pensar, para que então você se torne ateu. De acordo com ele, essa é a forma mais rápida de se tornar ateu.

Só que, no texto inteiro, ele disse apenas isso, e não falou mais nada de relevante. Falou algo sobre dogmas e Jesus Cristo, mas facilmente refutável, tirando isto, não ofereceu explicação nenhuma, simplesmente soltou uma afirmação sem fundamentos. Então, por que não reformular a sua frase?:

Ser irracional é o caminho mais rápido para o ateísmo.

É… acho que assim está bom.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: